BLOG

SÃO JOSE DIA E NOITE

VIVA URBANOVA

 GUIA

  FALE CONOSCO
 
 
 
  PRIMEIRA
  ECONOMIA
 
  POLÍTICA
  SAÚDE
  HUMOR
  OPINIÃO
  DENUNCIA
  EDUCAÇÃO
  ENTREVISTA
  ESPORTES
  CIÊNCIA
  INFORMÁTICA
  MEIO AMBIENTE
  GASTRONOMIA
  TODA MÍDIA
  EXPEDIENTE
  ED. ANTERIORES
  COLUNISTAS
  ACASSIO COSTA
  ALESSANDRO L.
  BÁRBARA LIA
  CARLOS BRICKMANN
  CORREA LIMA
  DELAMARE MC
  DORA DIMOLITSAS
  ELICIANE ALVES
  ELIÉZER ZAC
  FLÁBIA FARIA
  GABRIELA MORI
  G. BOLAÑOS
  JOCA FARIA
  JOSÉ A. FILIPPO
  JOSÉ R BESSA
  JOSÉ SESPEDES
  LORA SALIBA
  LUCIANE BARBOSA
  MARLI GONÇALVES
  PEDRO PORFÍRIO
  RICARDO FARIA
  RITA ELISA
  ROBSON MARQUES
  RONALDO DURAN
  SIMONE NEJAR
  SYLVIO MICELLI
  TELMA CARVALHO
  VINICIUS NOVAES
  SUPLEMENTOS
  DECORAÇÃO
  MULHER
  TURISMO
  S. JOSE DOS CAMPOS
  A CIDADE
  SUA HISTÓRIA
  SUA GENTE
  PERSONALIDADE
  GALERIA
  ESPAÇO USP
  TECNOLOGIA
  COMUNICAÇÃO
  PÉ NA ESTRADA
 
 
 
 
   

 

  27.11.2009 00h.15  
  Mais denúncias contra Univap                        O Professor Doutor Marcos Tadeu Tavares Pacheco reafirma várias denúncias contra a gestão Baptista Gargione à frente da FVE/Univap.

Acassio Costa (*)

com Ricardo Faria  
 

Para haver dispensa de licitação  é preciso que a empresa tenha notória especialidade na área. De Rogério Gandra Martins, especialista em Direito Público

Apesar dos depoimentos de ilustres professores doutores, das publicações nos jornais O Estado de São Paulo, Folha de SP e Valeparaibano, a douta Promotora Curadora das Fundações de São José dos Campos insiste em desconhecer os fatos.

As atenções se voltam, agora, ao Conselho Superior do Ministério Público do Estado de São Paulo, responsável por reabrir, ou não, o Inquérito Civil 260/06, agora sob o número 117599/08, o relator é o Dr. Paulo do Amaral.

“Acho estranho que no Brasil ainda haja espaço para pessoas como o Baptista Gargione; É como uma doença, mas, vai passar.” Afirma Marcos Tadeu com quem falamos no dia 23 de novembro, no Parque Tecnológico de São José dos Campos.

Professor Doutor Marcos Tadeu Tavares Pacheco no Parque Tecnológico de São José dos Campos - Foto: Ricardo Faria - 23.11.09

Quem é o Professor Doutor Marcos Tadeu Tavares Pacheco? – Marcos Tadeu – Sou iteano, com uma carreira exclusivamente universitária e experiência em diversas Instituições de Ensino Superior – publicas e privadas – no Brasil e outras na Europa e Estados Unidos. Sou Ph.D. pela universidade de Southamton, UK e trabalhei com professor visitante nos MIT, Estados Unidos. Atualmente estou na Universidade Camilo Castelo Branco nos seus cursos de mestrados e doutorado em Engenharia Biomédica, no Parque Tecnológico de São Jose dos Campos, ao lado de grandes universidade do Brasil, UNESP, ENIFESP etc

Quando entrou no ITA? - Comecei em 1972, terminei o curso de Engenharia Eletrônica em 76, fiz mestrado no INPE e também na Inglaterra, em 1982. Em 95, fui professor visitante no MIT em Boston quando co-orientei um doutorado do aluno Kasunuri Tanaka.  

Univap - Fui professor da FVE desde 1977. Tive o desprazer de acompanhar esse senhor Gargione durante todo esse tempo. Ele impõe medo, vi humilhar vários professores, era muito comum ele fazer isso. Na Univap fui o segundo Pró-Reitor indicado em 1992, como Pró-Reitor de Pesquisa e Pós Graduação. Naquela época nem mesmo cursos de especialização aquela Instituição tinha, durante minha gestão na pesquisa e pós-graduação  6 (seis) cursos de mestrados e 2 (dois) de doutorado foram aprovados na CAPES.

O IP&D - A criação do IP&D foi uma evolução do nosso trabalho. Havia o laboratório de opto-eletrônica com os professores Renato, Lima e Landulfo, ainda nas antigas instalações da Rua Paraibuna, no centro da cidade. Sempre preferi trabalhar com alunos e ex-alunos da Univap. Em 96, criamos o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento. Em 98, aprovei o primeiro mestrado de Engenharia Biomédica na Univap. Trouxe para cá, com bolsa do CNPQ, um professor indiano que esteve comigo nos Estados Unidos, sem custo algum para a Univap. Em 2001, aprovamos o doutorado. Em 2005, tínhamos seis mestrados e dois doutorados numa das universidades mais bem sucedidas em termos de pesquisas e pós- graduação, apesar das terríveis condições de trabalho.

Como conseguiu suportar a gestão da Univap? – Em 1973, Gargione dava aulas de laboratório de física no ITA. Em 1980 ele foi colocado na FVE, como interventor, pelo então prefeito Joaquim Bevilacqua e manipulou para se tornar presidente da mantenedora, FVE, e Reitor da mantida, Univap, onde permanece até hoje. Sua grande capacidade não é cientifica nem administrativa, basta ver a atual situação da Univap que, tirando as obras que ele faz sem parar, é uma instituição que causa lástima. Restando apenas mentiras e propagandas enganosas como a que ele fez veicular na mídia esses dias, indicando a Univap como a 1ª do Vale. Num Vale que tem a UNIFESP, UNESP, ITA, resta a pergunta: No que a Univap seria a 1ª? Sua grande capacidade é de amedrontar as pessoas. Ele tem uma imensa capacidade de intimidar os professores. Mas isso vai passar meus caros.

Foi o seu caso? Eu consegui superar um pouco, pois, como a pós-graduação e a pesquisa estavam dando certo, ele se metia menos que em outros setores, mas logo que este sucesso começou a lhe fazer sombra ele decidiu demitir todos os docentes. De uma maneira ou de outra, todos dependem do Gargione, pois, tanto aqueles que estiveram na FVE e os que ainda estão lá, com algumas exceções, são professores e dependem dos salários para sobreviver, o Gargione usa isto como arma para amedrontar e aterrorizar os funcionários.

Professor Doutor Marcos Tadeu Tavares Pacheco no Parque Tecnológico de São José dos Campos - Foto: Ricardo Faria - 23.11.09Em 2003, a Univap foi contratada pela SPTrans para implantar um projeto de Guiagem Magnética nos ônibus do antigo Fura Fila, hoje Expresso Tiradentes, na Capital paulista. O que tem a dizer sobre isso? Foi algo bem confuso. Me lembro quando, de repente, o Teixeira Junior apareceu com a idéia de fazer um projeto com a SPTrans. Foi tudo decidido entre eles rapidamente num final de semana. O Teixeira foi ao sítio do Baptista, em São Francisco Xavier, e voltou com a idéia pronta. Eu fui pressionado para aceitar o tal projeto, no IP&D. No final, como o Gargione fazia tudo que queria, diversas salas no IP&D foram ocupadas pela Empresa COMPSIS.

Como foi isso? - O Teixeira usava o argumento que o IPD não tinha desenvolvimento, somente pesquisas (?) não tinha pesquisa. Ele é um cara bom para encontrar frases. Em função disso, tinha que ter desenvolvimento, tinha que ter a Compsis. Arrumaram várias salas e, pelo que entendi, a Compsis faria tudo, já que a Univap não tinha nem nunca teve competência alguma em Guiagem Magnética.

Como foi possível isso? - Nunca houve na Univap um professor que entendesse de Guiagem Magnética e nem tem; - O que existe são áreas de planejamento urbano, engenharia biomédica, biologia e astronomia. Pelo que sei, foi a Compsis que pegou esse serviço. Colocaram lá uma carcaça de um ônibus, não passou disso.

A contratada pela SPTrans, sem concorrência pública, foi a Univap que declarou possuir notório saber e notória especialização em Guiagem Magnética, o senhor está negando isso? – Exatamente, não tem e nunca teve. Desconheço quem deu essa declaração, certamente que não fui eu e veja que era o diretor responsável pelo IP&D. Resta saber quem assinou os atestados de notório saber e especialização.

A Univap recebeu da SPTrans R$ 19.200.000,00, adiantados, em 2003, durante a administração Marta Suplicy (PT). Tomou conhecimento disso? Sabia do dinheiro, falavam que a Univap receberia uma taxa a título de administração, não sei quanto, nunca vi o tal contrato.

E ficou tudo por isso mesmo? – Isso, o pessoal da SPTrans aparecia, andava no tal ônibus, no campus da Urbanova, era apenas um veículo normal; - Onibus com Guiagem Magnética nunca existiu. A Univap não tinha e não tem condições para fazer isso. Se a Compsis tinha não saberia informar, pois esta Empresa apenas ocupava o espaço no IPD sem nenhuma interação com seus pesquisadores ou alunos de pós-graduação.

Diante disso, ainda bem que o senhor saiu da Univap. De repente, poderiam lhe atribuir alguma responsabilidade. – O Marcos Tadeu era o guarda chuva para tudo, obrigado a fazer coisas que não queria pelas pressões do Gargione. Ele é uma espécie de doença. Mas, o pessoal que continua na Univap fique tranqüilo, toda doença acaba. O paciente morre e a doença morre junto, ou o sistema imunológico do paciente reage e a doença vai embora.

Professor Doutor Marcos Tadeu Tavares Pacheco no Parque Tecnológico de São José dos Campos - Foto: Ricardo Faria - 23.11.09Então é um regime de terror? Ele e os asseclas comandam um bando de professores apavorados, trabalhando para manter os empregos. Uma das técnicas usadas pelo Gargione é contratar marido e mulher juntos, isso obriga a ambos a se submeterem. E não é só o Baptista, a Cristina advogada também. Vi coisas desse pessoal que daria para escrever um livro. Talvez um dia faça isso.

O senhor foi demitido da Univap? - Isso mesmo, os motivos alegados foram que havia me apropriado de documentos da Universidade, que teria denegrido o nome da Instituição. Com demissão do Professor Balbim, o Gargione imaginou me atingir. Como sou um dos fundadores, não poderia ser mandado embora simplesmente, aí ele tratou de arrumar essa justa causa.

Como ficou? – Estamos processando o Gargione com várias alegações e vamos até o final.

Depois que saiu da Univap, o que ocorreu? Nós contatamos diversas universidades que nos queriam e encontramos a Camilo Castelo Branco, de São Paulo. É uma universidade que está crescendo, investindo em qualidade, ela contratou o nosso grupo inteiro, os melhores pesquisadores vieram conosco.

Como está sendo o trabalho? – Nós aprovamos os nossos cursos de mestrado e doutorado. Estamos com todo o material da Fapesp, foi tudo transferido para o nosso Centro de Engenharia Biomédica da Unicastelo, aqui no Parque Tecnológico.

A Uni Castelo tem sede onde? – Em Itaquera, com campus em diversos locais,  Descalvado, Fernandóplois e outros. Em São José dos Campos temos o Centro de Engenharia Biomédica com pesquisas, cursos de Lato Senso, pós graduação, coisas do tipo.

Pelo jeito, está satisfeito? Sair de perto do Gargione é uma satisfação para qualquer pessoa. Não ter que aturar aquele tipo de gente, aqueles comentários, o Baptista e sua família, é fantástico.

Um cientista pode ser destratado? – Enquanto a gente trabalhava diversos períodos alem do necessário, para conseguir realizar as tarefas de docência, pesquisa e pos graduação, o que se observava em torno era um festival de mordomias e nepotismo. O Reitor e outros da sua família com carros caríssimos, gasolina livre e demais mordomias na conta da FVE, uma verdadeira festa em pleno século 21, numa cidade em que o índice de pessoas com o nível universitário é altíssimo. Não consigo entender isso. Fundação Valeparaibana de Ensino é uma Entidade filantrópica, comunitária, sem fins lucrativos, o Gargione de gestor posa de dono. A FVE foi fundada por joseenses que desejavam um ensino superior de qualidade para os jovens desta cidade, hoje em dia este jovens estão sendo mais bem atendidos por outras Universidades que aqui se instalaram. Isso é o que se chama de desvirtuamento de função de uma Fundação.

Então as finalidades foram desvirtuadas? – Totalmente, hoje em dia na Universidade do Vale do Paraíba existe uma igreja católica majestosa, shows, grito de carnaval. Onde está o ensino de qualidade? Todos os docentes da Univap, com exceção daqueles da família do Gargione e sua corte é claro, reclamam das condições dos laboratórios dos cursos de graduação. Gargione costuma afirmar que o jovem joseense está ficando pobre, mas, se isso ocorre, por que vieram para São José a Anhanguera, a Unip, a Faap e outras. Não existe isso de pobre, as pessoas não são mais desinformadas, nem ludibriadas por propagandas enganosas, elas sabem escolher.

E sobre os cultos religiosos na Univap? – Quem fosse convidado e não aparecesse nos cultos era perseguido, coisa de ditadorzinho. Acho estranho que no Brasil, em pleno século vinte e um, haja espaço para pessoas como o Gargione. É uma doença que vai passar. Eu sempre digo isso aos meus amigos que estão na Univap: vai passar.

O que acha do Brasil? – Na minha visão o país está melhorando bastante, algumas excrescências estão sumindo aos poucos, o Sarney é uma delas. É claro que não vou comparar o Sarney com o Gargione que é muito insignificante. Mesmo assim, por deixarmos, ele está fazendo um dano imenso à São José dos Campos.

De que maneira? – A Univap era para ser a universidade do joseense, deveria oferecer um ensino de qualidade com preços reduzidos. Mas, tem um superávit incrível. Para que? -  Para construir prédios e mais prédios para ficarem vazios? O campus de Jacareí está às moscas, constroem outro em Campos do Jordão. Tem um em Caçapava com vacas em volta. Alunos? Para que alunos, a meta dessa universidade é construir! O produto dela não é o aluno e sim prédios. Assemelha-se mais a uma grande imobiliária, imagino que os fundadores da FVE devem estar se revirando nos túmulos.

Para que Gargione faz isso? – É uma questão que precisa mais discutida. Para construir ele cobra alto dos alunos e paga mal os professores. O superávit é imenso, só não aplica em qualidade.

Então ele seria um Mister M da educação? – Esse é um nome muito bom, nem isso ele merece. Só sinto pena dos jovens joseenses. O Gargione conseguiu tirar deles uma grande universidade. Matou o sonho, os alunos vão para a Unip, para Anhanguera ou saem da cidade. O que é deles foi tomado por esse senhor.

Fale com o Professor Marcos Tadeu: marcttadeu@uol.com.br

Esse espaço está garantido para as pessoas citadas que desejarem se manifestar.

(*) Acassio Costa é advogado - acassio@vejosaojose.com.br

Veja mais:

4Estadão denuncia FVE

4Kassab descarta Univap

4Ovelhas mas, nem tanto


Indique para um amigoImprime

topo

©vejosaojose.com.br - reprodução permitida com citação da fonte

4CURITIBA
4PORTO ALEGRE
4SÃO  JOSE
4SOROCABA
 

4A VALE É NOSSA

 

4DEFESA DA VIDA

 
4VIVA URBANOVA
 
4EMPÓRIO DUARTE
 
4SHOPPING 2 RODAS
 

4ECONOMIZE ENERGIA ELÉTRICA Serviço garantido

 

4LEITE É COOPER  COMPROVE

 

4DE OLHO NO IMPOSTO

4TENDA ATACADO
4EXTRA - Sempre o melhor preço,confira
 

4MOCC

 

4SHOW TIME

 

4TRIBUNA DA IMPRENSA - A verdade sempre

 

4OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA

 

4CARTA MAIOR

 

4BLOG DO PROTÓGENES

 
4JORNALISMO.COM.BR
 

4TORTURA NUNCA MAIS

 
 

4DENUNCIE

 

4CAGUETE

 
JORNAIS
Adcnews
Jornal Andrômeda
Jornal do Povo
Jornal dos Esportes
Jornal Vila Ema
Perfil Mulher
Portal Adyana
Saviver
ValeParaibano 
RÁDIOS
Band 1120 AM  
Band FM
Jovem Pan FM 94,3
Logos FM
975 FM
Piratininga AM
Piratininga FM
Planeta FM 
Stereo Vale FM 
TVs
BandVale
Mix Tv
Record
SBT
Tv Cultura
Vanguarda